Uns lhe chamam de Natureza, mas eu chamo-lhe Mãe

A natureza é algo que me fascinou toda a minha vida, e basta olhar para ela para sentirmos que fazemos parte de algo. Se pensarmos bem, ela também expressa os seus sentimentos, e quase que me arriscava a dizer, que tal como nós, através de expressões.

O céu nem sempre é azul, o mar nem sempre é sereno, nem o vento apenas suspira. A natureza sabe como mostrar a todos aqueles que lhe pertencem quando simplesmente não está bem. Ela consegue mostrar tanto a fúria como a alegria em diversos dias. Tal como nós conseguimos demonstrar quando estamos tempestuosos e quando em nós pairam os dias solarengos.
Não há nada mais belo quando estamos em perfeita sintonia com a natureza, não é por acaso que se ouve dizer que dias de chuva causa no ser humano um estado de espírito mais tristonho.

A natureza é algo que me fascina, e não me canso de o dizer. É algo que nós, seres humanos, estamos dia após dia a destruir aquilo que faz parte de nós. Aquilo que nos mantém vivos! Em épocas de verão temos visto imensas áreas florestais a serem destruídas, algo que demorou décadas a ser construído pela nossa “mãe”. O ser humano vê-se como aquele que consegue dominar tudo aquilo que existe, desde o nosso mero planeta até ao universo. Procuremos ser felizes sem que seja necessário destruir aquilo que nos deu e continua a dar a vida.

Todos temos a nossa perspetiva diferente de ver o mundo, e a minha é esta!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s