O que me ensinaram os monstros dos contos de fadas

Tenho saudades dos tempos em que era criança, em que tudo era tão simples e mágico. Nunca acreditei em magia, mas acreditava que o ser humano era um ser com um fundo bom. Mas ao longo dos tempos apercebi-me que não, e que são completamente o contrário.

Infelizmente vemos todos os dias notícias muito cruéis, em que são praticados atos em que quando era criança pensava que só os monstros o faziam. Não. Os monstros que sempre ouvia falar das histórias que os adultos nos contavam, na verdade eram seres exatamente iguais à espécie a que pertencemos: o ser humano.

Continue lendo “O que me ensinaram os monstros dos contos de fadas”

Anúncios

Uns lhe chamam de Natureza, mas eu chamo-lhe Mãe

A natureza é algo que me fascinou toda a minha vida, e basta olhar para ela para sentirmos que fazemos parte de algo. Se pensarmos bem, ela também expressa os seus sentimentos, e quase que me arriscava a dizer, que tal como nós, através de expressões.

O céu nem sempre é azul, o mar nem sempre é sereno, nem o vento apenas suspira. A natureza sabe como mostrar a todos aqueles que lhe pertencem quando simplesmente não está bem. Ela consegue mostrar tanto a fúria como a alegria em diversos dias. Tal como nós conseguimos demonstrar quando estamos tempestuosos e quando em nós pairam os dias solarengos.
Não há nada mais belo quando estamos em perfeita sintonia com a natureza, não é por acaso que se ouve dizer que dias de chuva causa no ser humano um estado de espírito mais tristonho. Continue lendo “Uns lhe chamam de Natureza, mas eu chamo-lhe Mãe”

O que é para ti um abraço?

Um abraço? O que significa?

Nunca fui de demonstrar aquilo que sinto pelas pessoas por gestos, mas maioritariamente por palavras. Não porque não queira, porque na maioria das vezes gostava de chegar perto da pessoa e lhe dar um abraço que seja, mas falta-me a coragem de o fazer. Mas sabem qual o gesto a que mais dou valor? Sim, ao abraço.
Apesar de ser algo que é raro fazê-lo, é algo a que dou muito valor. É um abraço que me consegue tranquilizar, é um abraço que eu preciso quando estou menos bem, é um abraço que me mostra quem são aqueles que estão comigo para todos os momentos. Talvez por ser tão raro ser eu a tomar a iniciativa de o oferecer a alguém, seja mesmo essa a razão pelo qual lhe dou tanto valor.

Continue lendo “O que é para ti um abraço?”